Onde Estamos:
  • INSTITUCIONAL
     

    Conheça nossa
    Instituição

  • BIBLIOTECA
     

    Consulte nosso
    acervo on-line

  • CONTATO
     

    Dúvidas, reclamações
    elogios, contate-nos.

Novo prédio na Avenida Guararapes

Recife | Graças
04/10/2012 às 16:54
Edifício Santo Albino

Edifício Santo Albino, histórico como pólo comercial do Centro do Recife abrigará nova unidade da UNINASSAU


O Grupo Ser Educacional, mantenedor da UNINASSAU - Centro Universitário Maurício de Nassau, Faculdades Maurício de Nassau e Faculdade Joaquim Nabuco, adquiriu mais um imóvel no centro do Recife. O Edifício Santo Albino com cerca de 12 mil metros quadrados, construído em 1950 e localizado na esquina da Avenida Guararapes com a Avenida Dantas Barreto abrigará uma nova unidade da UNINASSAU, que deverá estar em funcionamento até 2014.
Famoso como uma das primeiras construções do centro da cidade, o arranha céu tem um estilo “Art-déco”, uma mistura de vários estilos e movimentos do início do século XX que incluíam o construtivismo, cubismo, modernismo, bauhaus, art nouveau e futurismo. Projetado por um arquiteto francês, o histórico prédio recebeu este nome em homenagem a Antônio Gonçalves de Azevedo, o Visconde de Santo Albino.
Construído no período em que a prefeitura implantou o projeto de urbanização do bairro de Santo Antônio, o edifício foi o primeiro grande prédio comercial do centro e reunia dezenas de escritórios, como a Associação de Parkinson de Pernambuco e Associação da Imprensa de Pernambuco (AIP), em meados dos anos 60. O Santo Albino também já foi referência como polo Médico do centro do Recife, funcionando como uma pequena cidade no coração do Recife.
Ainda em funcionamento e apesar de não ser tombado como patrimônio histórico, o Edifício Santo Albino faz parte de uma zona de preservação histórica e resguarda as características originais de arquitetura. “A venda do prédio para o Grupo Ser Educacional é a forma de manter o Santo Albino como meu pai gostaria que ele fosse. Acredito que a tendência do centro seja virar um polo educacional e assim revitalizar uma região que está abandonada”, completa Ilda Azevedo, proprietária do edifício e filha do Visconde de Santo Albino.
A aquisição do imóvel faz parte do projeto de expansão do Grupo Ser Educacional. “Assim como os outros prédios adquiridos pelo Grupo Ser no centro da cidade, o Edifício Santo Albino faz parte da história do Recife e traz características únicas que mesmo após tantos anos não tiraram a beleza do imóvel. Nosso objetivo consiste em restaurar o mesmo e devolvê-lo aos recifenses como uma nova unidade da UNINASSAU, onde eles possam ter acesso à educação de qualidade e estudar próximo aos seus empregos”, revela o sócio  administrador do grupo, Jânyo Janguiê Diniz.
 
Art Palácio, Savoy e Trianon
O Grupo Ser Educacional é proprietário de oito edifícios no centro do Recife. Entre eles, os três prédios onde funcionam a Faculdade Joaquim Nabuco, todos adquiridos do INSS; os prédios  históricos Sigismundo Cabral - famoso por ter abrigado o Bar Savoy, o edifício Trianon, o  Art Palácio, e oito andares do Edifício JK todos localizados na Av. Guararapes. O Grupo está encarregado pelas reformas dos espaços, preservando as características originais dos prédios e as ações fazem parte da retomada, pela iniciativa privada, do processo de revitalização da Av. Guararapes. Para a reforma do edifício Trianon e do Sigismundo Cabral, os projetos encontram-se em tramitação na Prefeitura da Cidade do Recife e o investimento será de cerca  de R$ 10 milhões, no local será implantada uma nova unidade da Faculdade Joaquim Nabuco.
 

O Grupo Ser Educacional, mantenedor da UNINASSAU - Centro Universitário Maurício de Nassau, Faculdades Maurício de Nassau e Faculdade Joaquim Nabuco, adquiriu mais um imóvel no centro do Recife. O Edifício Santo Albino com cerca de 12 mil metros quadrados, construído em 1950 e localizado na esquina da Avenida Guararapes com a Avenida Dantas Barreto abrigará uma nova unidade da UNINASSAU, que deverá estar em funcionamento até 2014.

Famoso como uma das primeiras construções do centro da cidade, o arranha céu tem um estilo “Art-déco”, uma mistura de vários estilos e movimentos do início do século XX que incluíam o construtivismo, cubismo, modernismo, bauhaus, art nouveau e futurismo. Projetado por um arquiteto francês, o histórico prédio recebeu este nome em homenagem a Antônio Gonçalves de Azevedo, o Visconde de Santo Albino.

Construído no período em que a prefeitura implantou o projeto de urbanização do bairro de Santo Antônio, o edifício foi o primeiro grande prédio comercial do centro e reunia dezenas de escritórios, como a Associação de Parkinson de Pernambuco e Associação da Imprensa de Pernambuco (AIP), em meados dos anos 60. O Santo Albino também já foi referência como polo Médico do centro do Recife, funcionando como uma pequena cidade no coração do Recife.

Ainda em funcionamento e apesar de não ser tombado como patrimônio histórico, o Edifício Santo Albino faz parte de uma zona de preservação histórica e resguarda as características originais de arquitetura. “A venda do prédio para o Grupo Ser Educacional é a forma de manter o Santo Albino como meu pai gostaria que ele fosse. Acredito que a tendência do centro seja virar um polo educacional e assim revitalizar uma região que está abandonada”, completa Ilda Azevedo, proprietária do edifício e filha do Visconde de Santo Albino.

A aquisição do imóvel faz parte do projeto de expansão do Grupo Ser Educacional. “Assim como os outros prédios adquiridos pelo Grupo Ser no centro da cidade, o Edifício Santo Albino faz parte da história do Recife e traz características únicas que mesmo após tantos anos não tiraram a beleza do imóvel. Nosso objetivo consiste em restaurar o mesmo e devolvê-lo aos recifenses como uma nova unidade da UNINASSAU, onde eles possam ter acesso à educação de qualidade e estudar próximo aos seus empregos”, revela o sócio  administrador do grupo, Jânyo Janguiê Diniz.

 Art Palácio, Savoy e Trianon

O Grupo Ser Educacional é proprietário de oito edifícios no centro do Recife. Entre eles, os três prédios onde funcionam a Faculdade Joaquim Nabuco, todos adquiridos do INSS; os prédios  históricos Sigismundo Cabral - famoso por ter abrigado o Bar Savoy, o edifício Trianon, o  Art Palácio, e oito andares do Edifício JK todos localizados na Av. Guararapes. O Grupo está encarregado pelas reformas dos espaços, preservando as características originais dos prédios e as ações fazem parte da retomada, pela iniciativa privada, do processo de revitalização da Av. Guararapes. Para a reforma do edifício Trianon e do Sigismundo Cabral, os projetos encontram-se em tramitação na Prefeitura da Cidade do Recife e o investimento será de cerca  de R$ 10 milhões, no local será implantada uma nova unidade da Faculdade Joaquim Nabuco.

 

 

Comentáros ( 0 comentários efetuados)
    Seja o primeiro a comentar nesta notícia!
Preencha os campos abaixo para efetuar seu comentário

NOME

E-MAIL

COMENTÁRIO

Restam 255 caracteres

Digite o texto visualizado na imagem ao lado: